De que maneira montar um quadro de estudos?

quadro de estudos

O sistema de estudos à distância (mais conhecido como EAD) se intensificou ainda mais nessa recente pandemia. Cada vez mais estudantes estão partindo para estudar em home office, e como a dinâmica, neste caso, é diferente, existem alguns pontos que podem ajudar no aprendizado.

Um desses pontos é saber como montar de maneira eficaz um quadro de estudos, ou seja, um cronograma que determine assuntos a seres estudados por um período específico de tempo. É um tipo de organização que facilita bastante absorver boa parte dos conteúdos. 

A seguir, algumas dicas de como fazer isso. 

A ergonomia da mesa e da cadeira é fundamental

Pra quem não sabe, ergonomia é o conjunto de regras e procedimentos que visam ajudar nos cuidados com a saúde em ambientes de trabalho e estudos. E dentro dessa teoria, pontos que favorecem muito um bom trabalho (ou estudo) é a mesa e a cadeira usadas. 

Na verdade, essa questão se refere mais a dar conforto e possibilitar que a pessoa tenha uma postura adequada para se concentrar melhor, e ter mais produtividade. 

Ou seja, improvisar a mesa do jantar para estudar não é uma boa ideia. Caso os estudos durem horas e horas, o melhor é que cada detalhe desses esteja o mais adequado possível. Por exemplo: cadeiras de escritório ou cadeiras gamer são confortáveis o suficiente. 

Esse é um investimento que pode garantir estudos mais tranquilos, sem dores nas costas ou torcicolos, possibilitando o estudante se concentrar no que realmente importa; ou seja, nos assuntos das provas. 

É preciso ter uma conexão de internet de qualidade

Hoje me dia ficou praticamente impossível fazer qualquer coisas relacionada a estudos sem ter como apoio a internet. Afinal, apenas com alguns clicks dá pra baixar muitas provas anteriores e ver vídeo aulas dos mais diversos assuntos. 

Ou seja, fazer pesquisas na web é fundamental para conseguir ter um melhor desempenho nos estudo. E, pra isso, uma conexão de qualidade é muito necessária. 

Inclusive, falando em internet, é recomendável fazer o bloqueio de redes sociais no momento dos estudos, pois, isso pode atrapalhar a concentração de alguma forma. 

Usando um manual prático de planejamento

Para montar um ambiente de estudos minimamente adequado, uma das possibilidades é usar um manual de planejamento, pois isso facilita na hora de ter uma rotina e começar a estudar com tudo o que foi planejado antes. 

Isso sem contar que é possível fazer anotações em livros e cadernos que podem ficar nesse mesmo mural, como uma espécie de lembrete, lembrando o estudante quais serão os próximos passos. Calendário e cronogramas nesse mural também servem. 

Equipamento próprio de informática

Caso a programação seja ler texto e assistir vídeos pelo celular ou computador, não é necessário que a máquina tenha grande potência. Ela só não pode ficar travando o tempo todo, pois isso prejudica a concentração e o aprendizado. 

Outro fator importante é ter uma webcam com um mínimo de qualidade para as reuniões de estudos, por exemplo. Usar protetor de pulso para mexer no teclado e no mouse também é recomendável, especialmente se o estudante for passar horas e horas ali. 

Inclusive, uma das melhores dicas é tentar investir em um notebook, pois, dessa forma, dá pra mudar de ambiente com mais facilidade. 

Sem distrações

Estudar em locais onde têm muitas pessoas conversando é totalmente contraproducente. O ideal é estudar em um lugar calmo, tranquilo, arejado e principalmente sem distrações externas. Ou seja, o mais recomendável é fazer um “quarto de estudos” isolado.

Assim, o estudante terá foco total nas matérias (especialmente, nas mais complicadas), e garantirá um aprendizado mais completo. 

E é assim que um bom quadro de estudos é montado, garantindo que a pessoa se prepare para os futuros exames de maneira correta e sem atropelos.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *